10 Elementos essenciais para escrever um best-seller infanto-juvenil

Muitos escritores procuram o blog em busca de dicas de como escrever ou como ser escritor. Por isso hoje fiz uma seleção com os principais elementos constantes nos principais best-seller's infanto-juvenis que caíram no gosto de crianças e jovens. Nesta lista 10 elementos essenciais para você escrever o mais novo best-seller juvenil.

1 - A Criança Problemática ou excluída: Comece seu best-seller planejando seu protagonista, a criança principal, e para isso não pense numa criança comum pois é fundamental ela ter passado ou ainda passar por problemas, como ser um órfão criado por tios pouco amorosos, um estudante com dislexia, ou até mesmo crianças fugindo da guerra. 

2 - Outro mundo: A terra é um lugar muito chato e sem encantos, e justamente por isso é fundamental você elaborar um outro mundo, com leis e regras diferentes da terra. cabe aqui dizer que o mais natural é você transportar a sua criança problemática para outro mundo, paralelo e mais divertido que o de sua existência conflituosa, mas também pode funcionar escrevendo sobre uma criança problemática de outro mundo. 

3 - Elimine os pais: Não pense em escrever um infanto-juvenil com a presença dos pais, raramente isso daria certo. Mate-os antes, ou no começo da estória, ou crie a necessidade de afastá-los em uma viagem, ou simplesmente crie  indiferença. Pais zelosos e presentes dificilmente deixariam seus filhos irem para outro mundo em uma aventura que pode custar-lhes a vida. 

4 - Os amigos da criança problemática: Bem, você já possui a criança problemática e estas geralmente não possuem amigos antes de começar sua aventura, mas ao longo do caminho você deverá pensar em amigos, pois toda criança problemática de best-seller encontrará bons e fiéis amigos durante sua jornada, sendo inclusive capazes de dar a vida pelo protagonista. Nesse caso também tanto faz se os amigos serem feitos no mundo original ou paralelo. 

5 - O Artefato Mágico: Nem sempre ocorre desta forma, mas é comum o mundo (original ou paralelo) estar em iminente perigo o qual apenas um artefato mágico muito difícil de se encontrar poderá salvá-lo. E será este objeto mágico que nossa criança problemática terá de encontrar. Mas não se esqueça, pesquise muito, e se demore bastante tempo neste item pois a literatura está farta de artefatos mágicos e será necessário que você crie seu próprio artefato de uma forma muito original.   

6 - O Mentor: Não imaginou que uma criança problemática com dois ou três amigos poderia salvar um ou mais mundos sem treinamento. Por isso seu protagonista precisará fatalmente de um mentor que revelará sua jornada e o preparara para a aventura, seja ele um mago, um professor, um parente, ou algum ser muito estranho que sua mente criativa seja capaz de elaborar. 

7 - O Romance: Pode seu livro se destinar a crianças ou adolescentes, mas é fundamental que você reforce em sua literatura a necessidade básica da humanidade que é o amor. Por isso seja daquele grupo de dois ou três amigos, ou então do outro lado da batalha (o que poderia causar mais um conflito para nossa criança problemática), é fundamental que se crie uma relação amorosa para seu protagonista. 

8 - O Armamento: Nos best-seller's infanto-juvenis não tem essa história de campanha do desarmamento. Mesmo que nosso protagonista jamais tenha pego em armas, ele fatalmente durante sua jornada terá de empunhar espadas, arcos, varinhas mágicas, entre outros armamentos. Além disso, também é importante você pensar em bons nomes para essas armas, já que nos livros toda arma precisa de um nome. 

9 - A Busca: Agora que você possui a sua criança problemática, deu-lhe armamento e amigos, e forneceu-lhe treinamento com um bom mentor, e criou um clima de romance no ar, você descreverá detalhadamente a busca pelo artefato mágico, pois afinal esta busca é o miolo do enredo e o grande responsável por entreter o leitor em mais de 300 páginas de seu grande sucesso. 

10 - Final Feliz + Gancho: Seu best-seller infanto-juvenil está quase pronto, agora é só criar um final feliz para a jornada de seu protagonista encerrando a aventura, mas deixando um gancho para o segundo livro da série, que se tornará obviamente uma obrigação depois do sucesso de sua criação. 
10 Elementos essenciais para escrever um best-seller infanto-juvenil 10 Elementos essenciais para escrever um best-seller infanto-juvenil Reviewed by Douglas Eralldo on segunda-feira, novembro 19, 2012 Rating: 5

20 comentários

  1. Dicas excelentes! Obrigada por compartilhar!
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  2. Harry Potter puro, esesese. E claro, os outros bests também.

    ResponderExcluir
  3. Eu só queria saber como e por que, nessas longas jornadas em busca do artefato sagrado, os personagens NUNCA (NUNCA!!!) vão ao banheiro!!! Será que pegaria mal eu escrever meu best seller com personagens mais humanizados, que de vez em quando precisar ir atrás da moita? rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Zulmira, embora não seja infanto-juvenil, seu comentário fez-me recordar da minha leitura predileta de 2012, Os Especialista, onde uma das melhores cenas do livro é a "caganeira" de um soldado no front...

      Excluir
    2. Sexo também é uma coisa que crianças fantásticas não conseguem. Nunca nenhum se masturbou nem deu uns pegas numa mina com poderes sobrenaturais. Puta puritanismo da porra.

      Excluir
    3. Discordo! Livros não precisam de pu*** para fazer sucesso! Harry Poter, O Senhor dos Anéis não se basearam nisso para se tornar um bestseller! Os livros são o oposto do mundo de hoje

      Excluir
    4. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Adorei o comentário!

      Excluir
    5. Anônimo, se você generaliza sexo ou masturbação como putaria, ou você é um frustrado sexualmente ou você é virgem. E em nenhum momento eu disse que um livro juvenil precisa de putaria pra fazer sucesso; só digo que não se preocupa em refletir a realidade atual, em que toda uma imensa gama de adolescentes trepa, e, principalmente, se masturba, ao contrário dos heróis juvenis, cuja menção a isso não se verifica.

      Excluir
    6. Eu realmente acho essencial colocar coisas como seco ou, até mesmo,a própria masturbação. Pois, muitas vezes, os pais têm vergonha de falar isso com os filhos e, eles geralmente aprendem do pior jeito!

      Excluir
  4. que tipo de titulo eh mais chamativo para o leitor ?

    ResponderExcluir
  5. Meus protagonistas vão ao banheiro, seja num castelo ou na floresta durante uma viagem, mas isso é colocado de forma muito elegante. :) Aliás, essa é mais uma dica: trate das coisas do dia-a-dia sem problemas, mas quando se trata de sexo e violência tente não ser muito gráfico.

    ResponderExcluir
  6. cara, eu escrevo e te juro que os meus livros não tem finais felizes, crianças problemáticas, varinhas mágicas... mas também não é um sucesso. ahauahsuahs

    ResponderExcluir
  7. Eu não entendo como tantos livros de magia e fantasia mornos tem feito sucesso, até que HP não é ruim, mas uns depois dele tipo aquele do filho de poseidon... péssimo...

    Pra mim, brumas de Avalon sim que é fantastico, quem quer entrar num mundo mágico tem que ler, ele respira verdade e mesmo sendo antigo e tratando de uma outra época consegue ser bem mais atual.

    ResponderExcluir
  8. É bater e valer, rapaziada! Claro que nem sempre pode dar certo, mas estas dicas, sem dúvida, ajudam MUITO aqueles que têm uma boa ideia, mas não sabem transmití-las ao papel.

    Meu livro de estreia, publicado recentemente, tem algumas dessas dicas de narrativa, apesar da história não ser tão açucarada quanto Harry Potter.

    Convido a todos a visitarem o site Skoob. O título da série é Geonoma e é inspirado no gênero super-heróis;

    http://www.skoob.com.br/livro/222789

    Um abraço,
    Alexander Macno

    ResponderExcluir
  9. Faltou o principal, criar um inimigo terrivel. Ele deve ameaçar o mundo e deve também ter alguma ligação com o protagonista (exemplo: o vilão matou os pais do héroi, ou então o vilão é o pai do héroi).

    ResponderExcluir
  10. o meu livro vai ser DEPOIS DO FINAL FELIZ...vai contar a historia das princesas dos clássicos da nossa infancia só que depois de casadas e mães.Elas vão viver num castelo da mãe rainha [mae dos principes] e a personagem principal vai ser a filha mais velha da Cinderela.que esta prestes a se casar mais encontra o verdadeiro amor num principe distante e misterioso chamado Bernardo.

    ResponderExcluir
  11. Olha... recomendo ler, A Mão Esquerda de Deus - Paul Hoffrancês. E, Os Magos - Lev Grossman ( algo assim)
    Em uma entrevista, Hoffman falou que se admirou pelo fato fã quantidade de adolescentes e jovens eme geral, terá mais lido a sua obra, já que era destirada a adultos... A trilogia dele conta com sexo, mortes e guerras entre reinos...
    Acho que, a nova geração está mais "madura" neste quesito.. Um exemplo são os Animês, uma mais pesada que a outra!

    ResponderExcluir