10 Livros nacionais que eu ainda não tinha falado, mas que você deve dar uma olhada [2]

1 - O Viajante Imóvel, de Julio Ricardo da Rosa: Apesar deste thriller mesclar romance, aventura, suspense e drama em reviravoltas dignas de uma montanha-russa, seu personagem principal passa boa parte do livro imóvel. Mesmo com dificuldades para se locomover em sua cadeira de rodas, Vítor Assis vive plenamente – senão no cotidiano, ao menos na imaginação. É que Vítor, um escritor e tradutor, incorpora Félix Kölderlin, um viajante famoso por seus relatos de aventuras em lugares exóticos e pouco explorados... Saiba +

2 - O Oitavo Pecado, de Adriana Vargas:Henaph resolve traçar o próprio destino! Sem saber o ônus do caminho trilhado, ela segue destemida e incansavelmente, sedenta da existência humana. Um triângulo amoroso que a divide entre o rei Minos de Creta, protetor e cuidadoso e o deus grego Hermes, sábio e intrigante. Os deuses darão um palpitar dramático, ao final da trama![+]

3 - Territórios Invisíveis, Nikellen Witter: A vida dos gêmeos Ariadne e Hector nada tinha de excepcional. A não ser, talvez, pelo desaparecimento da mãe, a historiadora Marina, há quatro anos. Porém, para quem vive nas grandes cidades (por vezes, até mesmo nas pequenas), este é um pesadelo que se pode encontrar em qualquer jornal. Assim, às vésperas de completarem 13 anos, os dois irmãos dividem seu tempo entre fugir da dor da perda, implicar um com o outro, atormentar o pai e conviver com os três melhores amigos: Neco, Leo e Camila. [Saiba +]

4 -3355 Situações Que Você Deve Saber Para Não Morrer Como Nos Filmes de Terror, de Gerson Couto:Todo mundo já assistiu um filme de terror. E não é preciso ser fã do gênero para saber o nome dos assassinos mais famosos, que quem adentra no recinto sem acender a luz sempre morre e que uma quantidade incontável de histórias são protagonizadas por uma Final Girl. Que lugares inóspitos devem ser evitados e que toda casa é capaz de abrigar um mortal segredo. Mas e se fôssemos nós os protagonistas, agiríamos de forma diferente? Será que, acendendo a luz, sobreviveríamos? Prepare-se para conhecer a infinita criatividade da morte.

5 - Abaixo das Nuvens, de Lucas M. Carvalho: Estamos no ano de 2064. O mundo já não é o mesmo, nem o governo, nem a geografia. Mas a sociedade, essa sim talvez ainda seja igual à de hoje. As pessoas agora vivem isoladas em seus apartamentos, dentro de torres enormes; ninguém sai do seu, pois não precisa, nem quer, nem pode. A vida se passa no plano virtual: cada usuário pode assumir a forma de diversos avatares, então trabalhar, estudar, se divertir, interagir, produzir, consumir, tudo dentro de um gigantesco e complexo simulador eletrônico. [+]

6 - Erótica Fantástica, de Vários: É uma coletânea anual da Editora Draco organizada por Gerson Lodi-Ribeiro. Em cada volume traz contos de autores lusófonos que falam de sexo, prazer e fantasias entre humanos e não-humanos de todas as orientações sexuais, sem qualquer tipo de preconceito. [+]

7 - Memórias da Lua Cheia, de Andressa Andrião: Ela estava sem memória e sozinha, perdida em uma floresta durante uma noite de lua cheia, em que os lobos uivavam perigosamente. A única informação que tinha sobre si mesma estava em um bilhete borrado pela chuva que dizia que seu nome era Alissa.[+]

8 - O Desconveniente Casamento de Oludara e Arani, de Christopher Kastensmidt: A dupla de aventureiros Gerard van Oost e Oludara, um holandês e um africano, encontra lar numa aldeia dos tupinambás. Mas a vida está longe de ser tranquila, especialmente quando Oludara assume o desejo de se casar com a bela Arani — que está prometida a um dos mais poderosos seres das terras selvagens do Brasil Colônia. Uma vertiginosa aventura de momentos belos e divertidos, com muita magia e perigos incomuns... [Saiba +]

9 - Ribamar, de José Castelo: O leitor nunca saberá ao certo onde está pisando; Se em uma biografia, ou um ensaio, ou um relato de viagens, ou se em uma ficção. O livro parece ser uma biografia do pai do autor, José Ribamar (1906-1982), mas não chega a ser, pois alterna algumas histórias reais com muitas outras inventadas, ou, pelo menos, livremente recriadas. A fronteira entre a verdade e a invenção nunca se revela. É, em parte, um relato da viagem a Parnaíba, Piauí, cidade onde seu pai passou a infância e a juventude. No outono de 2008, o próprio José Castello fez uma viagem à cidade, experiência que lhe rendeu uma infinidade de notas. Não viajou a Parnaíba, porém, com o desejo de reconstituir a verdade, mas sim para encontrar materiais que lhe servissem para uma ficção... + no Submarino

10 - A Menina do Quarto Escuro, de Manoel Fernandes:Menina tem uma infância difícil. Renegada e vendida pelo próprio pai, ela segue em busca de uma sobrevida. A brutalidade personificada no homem ruim destrói o resquício de esperança, mas suscita na pequena vivente o desejo de encontrar a liberdade de diversas maneiras. Em meio aos seus caminhos tortuosos encontra-se com a bondade, e esse desconhecido sentimento mudará sua vida completamente…

10 Livros nacionais que eu ainda não tinha falado, mas que você deve dar uma olhada [2] 10 Livros nacionais que eu ainda não tinha falado, mas que você deve dar uma olhada [2] Reviewed by Douglas Eralldo on sexta-feira, setembro 28, 2012 Rating: 5

Nenhum comentário