8 Dicas para escrever ficção por Neil Gaiman

A lista é antiga, e faz parte de uma série de Top 10 feita pelo The Guardian em que escritores davam dicas de como escrever. Esta foi a contribuição de Neil Gaiman:


1. Escreva.

2. Coloque uma palavra depois da outra. Encontre a palavra certa, coloque-a no lugar.

3. Termine o que estiver escrevendo. O que quer que precise fazer para terminar, termine-o.

4. Deixe-o de lado. Leia fingindo que nunca o leu antes. Mostre-o para os amigos cujas opiniões você respeita e que gostam do tipo de coisa que isso é.

5. Lembre-se: quando as pessoas dizem que algo está errado ou que não serve para elas, provavelmente estão certas. Quando lhe dizem exatamente o que está errado e como consertá-lo, provavelmente estão erradas.

6. Conserte. Lembre que, cedo ou tarde, antes que isso chegue a alcançar a perfeição, você terá que deixá-lo e seguir em frente e começar a escrever a próxima coisa. Perfeição é como perseguir o horizonte. Continue se movendo.

7. Ria das suas próprias piadas.

8. A regra principal para se escrever é que se você faz com suficiente segurança e confiança, poderá fazer o que bem quiser. (Isso pode ser uma regra para vida assim como para a escrita. Mas definitivamente é certa para a escrita.) Então escreva sua história como ela precisa ser escrita. Escreva-a honestamente e conte-a o melhor que puder. Não estou certo que existam quaisquer outras regras. Não alguma que importe.

*Via Meia Palavra. onde tem uma série de listas.
8 Dicas para escrever ficção por Neil Gaiman 8 Dicas para escrever ficção por Neil Gaiman Reviewed by Douglas Eralldo on domingo, outubro 09, 2011 Rating: 5

5 comentários

  1. Fiquei na mesma. Vou ler de novo.

    Gatas gostosas do Orkut e Facebook só no ThunderEdy. Acesse e fap, fap, fap...

    ResponderExcluir
  2. Acrescento que comece escrever palenjando o fim da história, ou melhor, tendo o fim exemplificado em mente, e conduza a história para este fim. Assim evitará surpresas a maus desfechos.

    ResponderExcluir
  3. Como se algume estivesse interessado nas dicas do famosíssimo Ramon Buçard -_-

    ResponderExcluir
  4. todos os meus livros eu não escrevi pensando em um bom final. Se a história for boa e os personagens bem elaborados, o final se formará sozinho, com naturalidade, e se ele for ruim, é porque a naturalidade não foi usada. Apague e tente de novo. Se não tiver idéias, espera. Um dia, no meio de uma reunião chata ou do banho, você se imagina naquele texto e consegue terminá-lo.

    ResponderExcluir
  5. Adorei as dicas. Algumas são bastante úteis, principalmente para quem está começando agora!

    ResponderExcluir