10 Considerações sobre Livraria Limítrofe, de Alfer Medeiros, ou como desejar muito o cargo de livreiro...

1 - O livro já de cara em sua apresentação lhe proporciona uma surpresa, afinal talvez seja o único e primeiro livro sem capa... Confesso que não me acostumei muito com a ideia, porém o mais importante do livro esta em seu coração, no miolo, e o que contém no coração do Livro de Alfer Medeiros é uma obra com fácil potencial de figurar numa lista de bestsellers... 

 2 - A começar falando do alto grau de nerdisse em suas páginas, e da grande sacada de utilizar-se de uma livraria mágica onde os livros ganham vida conforme a experiência de seus visitantes... 

 3 - Mas o livro vai além do que simples experiência de leitores numa livraria mágica, pois em cada relato é apresentado pessoas diferentes, e deste modo se revela o livro também como uma espécie de analise de comportamento humano em que cada personagem revela-se distinto doutro.. 

 4 - Aliás, o fato de termos uma diversidade de personagens, e a diferença entre cada um deles torna a leitura ágil, e totalmente agradável, já que mesmo em pequenas histórias que se entrecortam, é como se a cada conto encontrássemos um livro diferente.. 

 5 - Se cabe um único porém, talvez seja quanto a parca visita de leitores apaixonados por autores nacionais, visto a magia na Livraria Limítrofe, seria interessante mais obras brasileiras ganhar vida naquele lugar fantástico... 

 6 - O humor da narrativa também é outra de suas virtudes, como a brincadeira feita com o polvo Paul, ou quando e moça não muito adepta a leitura acaba entrando na livraria... 

 7 - Outro ponto forte do livro é o Livreiro Limítrofe, pois mesmo tendo ele uma idade avançada, Alfer nos brinda com um personagem jovial e cheio de vitalidade, que aliás as vezes pode até deixar os visitantes da livraria com "a pulga atrás da orelha.." 

 8 - Uma das coisas que o livro nos mostra é o quanto nossas vidas influenciam no tipo de literatura que consumimos, e as escolhas geralmente estão ligadas a fase por qual passamos... 

 9 - Dentre todas as maravilhas do livro, e principalmente a que mais me agradou, e que eleva o grau de nerdisse de Livraria Limítrofe é o Manual do Livreiro Limítrofe onde são esmiuçados todos os ferramentais mágicos presentes na livraria, e que nos faz cobiçar o cargo do velhinho... 

 10 - Enfim, Livraria Limítrofe é um excelente livro de uma leitura agradável, onde a cada nova experiência relatada é como se o autor deixasse um convite explicito ao seu leitor que também conte sua experiência na Livraria...



10 Considerações sobre Livraria Limítrofe, de Alfer Medeiros, ou como desejar muito o cargo de livreiro... 10 Considerações sobre Livraria Limítrofe, de Alfer Medeiros, ou como desejar muito o cargo de livreiro... Reviewed by Douglas Eralldo on domingo, outubro 02, 2011 Rating: 5

2 comentários

  1. Oi Douglas, obrigado pelo post sobre o livro. Quero deixar apenas uma observação que me parece justa. O Limítrofe não é o primeiro livro sem capa. Existem pelo menos outros dois que eu já vi por aí, um deles inclusive, foi o que inspirou esse projeto gráfico. Trata-se de um livro com pouca tiragem, de um artista plástico que usou o livro quase que como um portolio. O outro, não me lembro agora o título, mas é um romance.

    No mais, muito obrigado pela divulgação.

    ResponderExcluir
  2. M. D. Amado, de fato o livro é muito bom... Realmente não se todo dia livros sem capas por aí, não conhecia estes outros 2... Mas a iniciativa é interessante... confesso que me causou surpresa, e é diferente a leitura.... não damos muita bola para capa quando elemento existente, mas em sua falta... é sempre visível que ela não está ali.. Muda inclusive a forma como folheamos o livro...

    ResponderExcluir