Header Ads

10 Considerações sobre Palácio de Mentiras, de Erin Watt ou quando tudo vem à tona

O Blog Listas Literárias leu Palácio de Mentiras, de Erin Watt publicado pela editora Essência; neste post as 10 considerações da Gi sobre o livro, confira:

1 - Palácio de Mentiras é a sequência da série The Royals e mantém o ritmo dos anteriores com suas reviravoltas e narrativa elétrica;

2 - Neste livro encerra-se então a história da família Royals, envolta sempre por segredos, traições e mentiras de modo que neste volume muito do que foi sendo apresentado ao longo da série vai sendo revelado, confirmando, inclusive, algumas desconfianças;

3 - Portanto, é nessa publicação que tudo é posto para fora, quando as intrigas e os mistérios são trazidos à tona, iniciando já num clima quente e odor de estrume jogado ao vento com certas revelações ligadas à família da protagonista Ella;

4 - Todavia, embora o surgimento de revelações, a narrativa prossegue ao centro da dificuldade de relação entre Ella e a família, e principalmente sobre as artimanhas e mentiras criadas para afastá-la de Reed, 

5 - Reed por sua vez precisa continuar lutando para provar sua inocência devido a suspeita de ter assassinado Brooke, uma luta que na verdade apenas será vencida pela própria Ella a partir de suas descobertas e dos elos que atam as teias finais da trama;

6 - Assim, o terceiro livro carrega no título a essência da série, pois suas personagens habitam o particular universo das mentiras, e são estas que as rodeiam e as fazem mover-se continuamente num trama em que será necessário estar sempre desconfiando que uma nova bomba poderá explodir a qualquer momento;

7 - Além disso, o livro mantém a apresentação das desconfianças e desentendimentos da família Royals, especialmente pela conturbada relação entre o pai e os filhos, que acima de tudo estão em estado permanente de alerta por causa das névoas que cobrem suas relações, como é o caso do suicídio da mãe;

8 - Então, quero dizer que a obra não foge do que esperávamos, mantendo a pegada das publicações anteriores, e talvez por tratar-se de desfechos e por causa disse fechar seus mistérios e segredos, acaba sendo o melhor da série;

9 - Ou seja, é uma ótima história de amor que precisa superar uma série de questões, especialmente ter de lidar com uma grande quantidade de mentiras e segredos que mais do que afastar os protagonistas Ella e Reed, estabelece a fragilidade das relações familiares, além de abordar a ambição, a inveja entre outros sentimentos perniciosos;

10 - Enfim, Palácio de Mentiras é uma ótima leitura, e, claro, indispensável para que já leu as obras anteriores da série. Em conjunto, é uma história envolvente e que mexe com os sentimentos da leitura, e no caso específico desta publicação, o fator positivo de nos propiciar um final surpreendente.



Nenhum comentário