domingo, 25 de setembro de 2016

10 Considerações sobre Obra Completa de Murilo Rubião ou como submergir no fantástico e maravilhoso

O Blog Listas Literárias leu a edição centenário das Obras Completas, de Murilo Rubião; neste post as 10 considerações de Douglas Eralldo sobre o livro;

1 - Poderíamos dizer que a obra de Murilo Rubião passeia pelo universo íntimo das questões humanas, e o faz banhado pelo onirismo do fantástico e do maravilhoso através de contos que mexem com as percepções dos leitores que encampam as imagens inverossímeis e são impactados pela forma autentica de narrar e contar suas histórias;

2 - Com isso, o que se pretende dizer é que Rubião foi um exímio artista de seu gênero, o conto, categoria na qual não seria exagero algum dizer que duela com Poe e tatos outros da narrativa curta, especialmente porque o leitor de seus contos não ficará imune ao poder de seu texto;

3 - Nesta edição de obras completas, os contos que dividem-se em narrativas em terceira e primeira pessoa são caracterizados pelo suspense, pelo irreal, por imagens fantásticas que em alguns destes contos, flertam inclusive com a pintura de Salvador Dali;

4 - Assim, sua obra se caracteriza pelo poder da metáfora, presente em praticamente todos seus contos, de maneira que conduz ao leitor refletir sobre o que esconde-se por trás de suas imagens fantásticas e maravilhosas de tal modo que não raro seus cenários e suas situações nos acompanham para além do texto;

5 - Além disso, é importante mencionar a grande capacidade do contista em arrebatar e arregimentar o leitor, não nas palavras finais, mas sim nas duas, três primeiras linhas de seus contos. É impressionante como o autor é capaz de colocar em suas primeiras linhas uma alta carga semântica que já de início torna-se impossível o leitor distanciar-se do conto, pois suas linhas iniciais funcionam como uma isca que jamais falha em "pescar o peixe";

6 - Da mesma forma, não menos interessante é o jogo espacial e geométrico com o qual o autor instiga e provoca seus leitores, exigindo sempre forte atividade mental a nos manter ligados nas unidades que se alteram e metamorfoseiam de um instante para o outro dotando a narrativa de certa psicodelia;

7 - Aliás, as metamorfoses são uma constante nos contos de Rubião de tal forma que as aparências e o estranho predominam boa parte de sua obra contrapondo com a naturalidade com que suas personagens recebem o fantástico;

8 - Portanto, não é de se admirar como o autor vem sendo relido e debatido, tanto por novos leitores, quanto pela academia, que cada vez mais reforça a originalidade e autenticidade deste autor nacional que está em pé de igualdade com nomes como Borges e Cortázar;

9 - Até porque nos contos de Rubião elementos como a reflexão temporal, o instinto humano, a sensualidade, e mesmo a ironia arrebatadora como no conto "O bom amigo batista" constrói uma obra de múltiplas leituras que se renovam ao passo que velhos problemas não são resolvidos, ou que novos surjam;

10 - Enfim, Obras Completas de Murilo Rubião, além de leitura obrigatória para quem tenta compreender a literatura brasileira, especialmente o fantástico e o maravilhoso, se constitui também num grande prazer ao nos carregar por uma jornada de absurdos fantásticos que estão aprisionados dentro de cada um de nós.





Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...