10 Considerações sobre A Geografia de Nós Dois, de Jennifer E. Smith ou ou porque o amor é uma viagem

O Blog Listas Literárias leu A Geografia de Nós Dois, de Jennifer . Smith publicado pela editora Galera Record; neste post confira as 10 considerações da Gi sobre o livro:

1 - A Geografia de Nós Dois é um romance em ritmo intenso marcado pelo movimento e pelo fato de que quando o amor está presente a distância e os desencontros são apenas fatores a serem superados e principalmente que dele não podemos esquecer;

2 - E para narrar esta história de amor o livro nos traz Owen e Lucy, um casal que embora vivesse em determinado momento no mesmo prédio encontra-se uma oportunidade inesperada ao ficarem presos num elevador escuro, instante em que ambos são fisgados pela eletricidade da atração para em seguida penetrarem numa intensa jornada por lugares e desencontros;

3 - É que ambos precisam por questões familiares estar em pleno movimento, ainda que por motivações diferentes. Ele, por causa dos trabalhos do pai peregrina pelos Estados Unidos de emprego em emprego, enquanto ela, filha de uma família de posses percorre o mundo em viagens solas ou com os pais;

4 - Nessa distância que vivem os dois haverá além dela a continuidade e os relacionamentos enquanto Owen e Lucy não encontram-se pelo menos no mesmo ritmo de paixão. Na verdade há uma tentativa de parte de ambos em não se comprometerem um com o outro, tentando, inclusive prosseguir com a vida naturalmente até o momento em que percebem o amor de um pelo outro;

5 - Nesse momento os dois protagonistas já nos cativaram com suas formas e maneiras de lidarem com as adversidades e com o próprio amor, pois ambos conseguem nos envolver na torcida. Owen, um menino muito inteligente que precisa lidar com a insegurança causada pela dificuldade de emprego do pai, e Lucy, que embora melhor financeiramente, possui uma família distante, sendo ela também um tanto sozinha no mundo, semelhanças estas que talvez colabore para os sentimentos do casal;

6 - Além disso, as complicações de comunicação entre os dois se dá pelo fato de Owen não ser afeito às redes sociais e e-mails, e assim preferindo comunicar-se por meio do antigo e clássico cartão postal, que no romance além de trazer os holofotes para este meio de lembrança e mensagem, também desempenhará papel vital no relacionamento dos dois;

7 - Outra questão interessante do romance é que ele encarna perfeitamente o ditado de que "ler é uma viagem" pois os personagens estão sempre de malas prontas e ao longo do livro percorrem por uma grande quantidade de endereços;

8 - Aliás, se podemos sintetizar o livro numa palavra, esta seria "movimento" pois no breve passar de tempo da narrativa do romance dos dois, Owen e Lucy passam por uma série de lugares num período menor de um ano, contudo vividos com grande intensidade que dão a sensação de mais tempo;

9 - Portanto, é um livro de muitas qualidades e que se tivéssemos de elencar algo que não tenha nos agradado tanto, talvez seria o extenso diálogo travado por Owen e Lucy no elevador que arrastou-se por mais de cinquenta páginas, de certa forma truncando a leitura ainda que fosse um momento central para criar o elo forte entre os dois;

10 - Enfim, A Geografia de Nós Dois é um leve e bom romance que nos cativa e que demonstra que quando se gosta efetivamente de alguém o importante é superar as barreiras e encontrar a melhor forma de viver e sentir o amor.



10 Considerações sobre A Geografia de Nós Dois, de Jennifer E. Smith ou ou porque o amor é uma viagem 10 Considerações sobre A Geografia de Nós Dois, de Jennifer E. Smith ou ou porque o amor é uma viagem Reviewed by Douglas Eralldo on sábado, julho 30, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário