10 Considerações sobre A Síndrome [ E ], ou porque o cérebro é fascinante...

O Blog Listas Literárias leu A Síndrome [ E ], de Franck Thilliez, e publica nesta lista suas 10 considerações sobre o livro. Mas atenção, pode ser que ao longo da resenha eu tenha deixado escapar um ou outro spoiler:

1 – A Síndrome [ E ], de Frank Thilliez é um thriller robusto e com a energia suficiente para estar certamente entre os melhores de seu gênero, com um enredo tramado com maestria e desenvolvimento perfeito que conduz o leitor a uma das mais perigosas e excitantes narrativas policiais que tive o prazer de conhecer;

2 – E há duas coisas que fazem do livro uma grande experiência de leitura: primeiro a grande capacidade de causar impacto visual estimulando o leitor a visualizar o que está narrado (particularmente pude ver o curta sobre qual decorre as investigações como se estivesse diante da projeção), e por segundo a natureza escabrosa dos crimes e suas motivações, são de uma maturidade que causa impacto e choque em que está lendo, não sendo portanto apenas mais uma história de investigação criminal;

3 – Além disso, a leitura de A Síndrome E, traz um conjunto de referências culturais, especialmente ao cinema, e científicas que elevam os conhecimentos dos leitores;

4 – Também não posso deixar de mencionar o jeitão clássico, mas muito bem trabalhado dos protagonistas, Sharko e Henebelle, que encontram-se com suas inteligências, mas também com seus próprios monstros, algo muito natural a quem por ofício possua uma profissão que degrada a convivência social e familiar, e os coloca diante das piores experiências humanas;


5 – A neurologia e o quanto avançamos no conhecimento de nosso cérebro acaba conduzindo a grande teia que se torna a investigação, revelando o potencial de estudos modernos como o neuromarketing, trazendo também o livro um alerta de como as pessoas certas podem acabar influenciando nas sombras cada um de nós; 

 6 – Embora um thriller, a investigação que ao início parece um caso de assassinatos hediondos, e outro o de um estranho filme antigo que vem a tona fazendo estrago, acaba unindo Sharko e Henebelle numa investigação sem precedentes, levando então o caso para a esfera da espionagem e da teoria da conspiração, em meio a cérebros desaparecidos, defuntos, poder, e os segredos que um velho rolo de filme é capaz de esconder;

7 – Falando nisso, ao passo que avançam as investigações, além de mais perigosa, ela propicia ao leitor uma viagem pelo mundo e suas distintas paisagens, bem como uma viagem pelo tempo mergulhando na década de 1950 especialmente, e nas coisas estranhas que aconteciam naqueles tempos;

8 – Não posso deixar de comentar que A Síndrome E é construída sobre uma trama complexa, estabelecendo uma grande rede de investigação, o que além de salientar a competência de Sharko e Henebelle, também revela a capacidade de Thilliez de organizar tudo isto de forma inteligente que ao passo que as revelações vão sendo feitas tudo acaba se encaixando perfeitamente no enredo;

9 – É secundário, mas a tensão sexual premente entre Henebelle e Sharko conduz o viés romântico da obra, e certamente também agradará aqueles leitores que além da investigação também gostam de uma pitada de romance em suas leituras;

10 – Enfim, A Síndrome [ E ] é uma grande experiência de leitura, um thriller inteligente e perspicaz que sem dúvida alguma está entre minhas melhores leituras, por sua narrativa equilibrada, e especialmente por seu conteúdo que além de um alerta serve para manter-nos sempre com aquela pulga atrás da orelha com certas experiências. Tenho certeza que não decepcionará nenhum tipo de leitor.


10 Considerações sobre A Síndrome [ E ], ou porque o cérebro é fascinante... 10 Considerações sobre A Síndrome [ E ], ou porque o cérebro é fascinante... Reviewed by Douglas Eralldo on quarta-feira, maio 22, 2013 Rating: 5

3 comentários

  1. Poxa, adorei a dica, sou apaixonada por livros policiais, estava sentindo falta de um livro assim. Estou no comecinho do Clube Mefisto, da Tess Gerritsen, esse será o proximo =)

    ResponderExcluir
  2. Uau, essas considerações me incentivaram ainda mais a ler Síndrome [E], thrillers policiais sempre me atraem.
    E parabéns pelo blog, conheci há pouco tempo e tô acessando quase diariamente.

    ResponderExcluir
  3. Adorei o livro, estou curiosa quanto ao próximo,mas com medo de não ser tão bom quanto o primeiro, você já leu ?

    ResponderExcluir