10 Considerações sobre Panaceia, ou porque a cura pode ser um problema

O Listas Literárias leu Panaceia, de Georgette Silen, e posta nesta lista suas 10 considerações sobre o livro:

1 - Panaceia, de Georgette Silen, publicado pela Giz Editorial, é a sequência de Lázarus (Resenha aqui), e mergulha ainda mais nas diversas fontes mitológicas, afastando-o completamente de apenas um livro com vampiros, mas sim uma obra completa de fantasia, com inúmeras lendas e criaturas fantásticas;

2 - Georgette Silen é extremamente minuciosa ao criar seu cenário de aventura, que nos dá a sensação de ter demandado bastante pesquisa, além de levar o leitor por um passeio ao redor do mundo, conhecendo diferentes paisagens e criaturas;

3 - Narrado em primeira pessoa por diferentes personagens, Panaceia permite ao leitor estar em vários acontecimentos, tendo amplo conhecimento das articulações, das traições, e do jogo político por trás da Ordem que mantém o acordo entre humanos e vampiros;

4 - Também é importante ressaltar o bonito trabalho realizado pela Giz Editorial, pois o livro em seu conjunto não perde em nada para os concorrentes de gigantes editoriais, com uma edição bem cuidada, um projeto gráfico bem construído, é um belo exemplar para sua estante;

5 -  Neste segundo livro, a protagonista Laura já está mais ambientada ao fantástico mundo oculto dos humanos, e por isso sua jornada para se afastar do clã Di Feveré, possibilita muitas aventuras, além da mesma ter se tornado uma peça central na trama, que passa a ser caçada literalmente, por amigos, e também inimigos;

6 - Por outro lado, mesmo conhecendo um universo totalmente novo, Laura mantém certos "defeitos" como o de supervalorizar certas situações em detrimento de outras, como quando o ciúme parece castigar-lhe mais que a iminência de ser atacada. E Laura quando invadida por sentimentos tão humanos acaba divagando muito sobre suas angústias;

7 - Se há um pequeno pecado em Panaceia, está diretamente relacionado ao possuir diversos narradores, pois em determinadas situações uma mesma passagem acaba sendo narrada por dois ou mais personagens, o que acaba tornando repetitivo em certos momentos;

8 - Já uma das grandes virtudes deste novo livro está a imersão em diversas lendas, possibilitando novos personagens, além da construção de novos cenários, onde especialmente a passagem de Laura pela floresta amazônica acaba se tornando uma das partes mais interessantes do livro;

9 - Além disso, Panaceia está bastante movimentada, pois enquanto as peças se encaixam na trama, a luta é constante, o que permite muita ação e briga, que traz para o livro a compensação para a parte mais romântica da obra;

10 - Enfim, Panaceia é uma boa leitura, repleta de referência a diversas culturas, do Brasil e do restante do mundo, em uma narrativa que demonstra toda a vontade da autora em proporcionar ao leitor um trabalho diferenciado;

:: + no Skoob ::



10 Considerações sobre Panaceia, ou porque a cura pode ser um problema 10 Considerações sobre Panaceia, ou porque a cura pode ser um problema Reviewed by Douglas Eralldo on sábado, maio 18, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário