10 Considerações sobre As Violetas de Março, ou como boas histórias podem ser comoventes...

O Blog Listas Literárias leu As Violetas de Março, de Sarah Jio, e publica nesta lista suas 10 considerações sobre o livro:

1 - As Violetas de Março de Sarah Jio é um romance comovente, que mesmo quando pisa nos clichês do gênero é capaz de surpreender e emocionar seus leitores com uma trama com alta carga de sentimentos e paixões;

2 - Acompanhar a saga de Emily Wilson é mergulhar em uma jornada de encontros e desencontros, mas acima de tudo um convite a reflexão de como lidarmos com questões difíceis e incomodas, especialmente no âmbito dos sentimentos, e dos segredos enterrados, que como de costume, um dia sempre vêm à tona;

3 - Embora um romance típico, As Violetas de Março, acaba nos cativando como um thriller, pois a medida em que ela tenta esquecer sua separação mergulhando na leitura de um misterioso diário, o leitor acaba engatando de vez na trama desejando também descobrir o que liga o diário, e o passado dos personagens que habitam o convívio de Emily; 

4 - Uma coisa bacana no romance de Sarah Jio é a forma como ela mostra a convivência de gerações, revelando a amistosa relação de personagens adultos como Emily e Jack, com pessoas idosas, de uma forma natural e respeitosa, que nem sempre se vê no mundo real; 

5 - Aliás, os segredos que possuem os personagens mais velhos do livro dão a carga de tensão, e o mistério que marcam o livro, revelando personagens complexos, medos, angústias, e principalmente redenção aos erros do passado;

6 - Além disso, mesmo envolvendo um segredo antigo e suas consequências, a narrativa de Jio consegue conectar o leitor de forma a tornar leitura uma experiência muito prazerosa; 

7 - Quanto a parte gráfica do livro, embora com belas imagens julguei a capa um pouco clichê, assim como a diagramação, mesmo com uma escolha de tipografia muito acertada, a inclusão de elementos gráficos na parte inferior das páginas em certos momentos distrai a atenção visual do leitor do texto; 

8 - Um ponto importante a se destacar é que o livro parece ter sido pensado para futuras adaptações ao cinema, visto que assim como nos roteiros em sua leitura acompanhamos dois pontos de virada na trama (como ocorrem nos filmes), que funcionam muito bem trazendo mais dramaticidade à estória;

9 - Para quem gosta de entender o universo dos escritores também encontrará em Emily uma grande fonte de pesquisa, pois por a personagem ser uma escritora, reflete muito da vida e da carreira, como questionamento sobre sua própria criação, os bloqueios criativos, e principalmente algo que parece regra, de que a vida de um escritor geralmente possui peculiaridades e segredos às vezes até mais escabrosos que seus próprios personagens; 

10 - Enfim, As Violetas de Março é um livro que agradara todos os tipos de leitores, especialmente àqueles que gostam de muito romance e paixões desencontradas, e além de uma leitura agradável, encontrarão na parte final do livro passagens tocantes e cenas extremamente emocionantes, capazes de provocar grandes reações em seus leitores;




10 Considerações sobre As Violetas de Março, ou como boas histórias podem ser comoventes... 10 Considerações sobre As Violetas de Março, ou como boas histórias podem ser comoventes... Reviewed by Douglas Eralldo on sexta-feira, abril 12, 2013 Rating: 5

2 comentários

  1. Gostei de suas considerações. Parabéns. Mas o nome da personagem é Emily Wilson e não Taylor.
    abraços

    Soraya Felix

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo toque, na verdade aconteceu este lapso com os nomes. devo ter misturado com algum outro livro que estava lendo!

      Excluir