10 Livros da Cia da Letras para ter na sua estante

O blog Listas Literárias aproveitando para celebrar e divulgar sua mais nova parceria, com a Editora Cia das Letras/Seguinte/Paralela, seleciona nesta lista 10 Grandes livros da editora, entre tantos outros, de seu rico e qualificado catálogo:

1 - Barba Ensopada de Sangue, de Daniel Galera: Um professor de educação física busca refúgio em Garopaba, um pequeno balneário de Santa Catarina, após a morte do pai. O protagonista se afasta da relação conturbada com os outros membros da família e mergulha em um isolamento geográfico e psicológico. Ao mesmo tempo, ele empreende a busca pela verdade no caso da morte do avô, Gaudério, que teria sido assassinado décadas antes na mesma Garopaba, na época apenas uma vila de pescadores...+ no Submarino+ na Saraiva |

2 - 1984, de George Orwell: Winston, herói de 1984, último romance de George Orwell, vive aprisionado na engrenagem totalitária de uma sociedade completamente dominada pelo Estado, onde tudo é feito coletivamente, mas cada qual vive sozinho. Ninguém escapa à vigilância do Grande Irmão, a mais famosa personificação literária de um poder cínico e cruel ao infinito, além de vazio de sentido histórico. De fato, a ideologia do Partido dominante em Oceânia não visa nada de coisa alguma para ninguém, no presente ou no futuro. O´Brien, hierarca do Partido, é quem explica a Winston que "só nos interessa o poder em si. Nem riqueza, nem luxo, nem vida longa, nem felicidade: só o poder pelo poder, poder puro"... | + no Submarino |

3 - O Jardim Secreto, de Frances Hodgson Burnett: Publicado em conjunto com a Penguin, o clássico da literatura inglesa, narra a história de duas crianças solitárias que decidem restaurar um jardim proibido, cujo mistério remete a um acidente ocorrido anos atrás. A amizade improvável entre os dois personagens funciona como uma metáfora para a descoberta do mundo e para o autoconhecimento.+ na Saraiva |

4 - A menina que Fazia Nevar, de Grace McLeen: Aos dez anos, Judith vê o mundo com os olhos da fé, e onde os outros veem mero lixo, ela identifica sinais divinos e uma possibilidade de criar. Assim, constrói bonecos de pano e inventa para eles histórias felizes na Terra Gloriosa. O que nem Judith poderia imaginar é que talvez seu brinquedo seja mais do que uma simples maquete...| + na Saraiva |

5 - A Máquina de Madeira, de Miguel Sanches Neto:A máquina de madeira narra a história do padre brasileiro que teria inventado a máquina de escrever. Uma enorme máquina taquigráfica chega ao Rio, vinda numa embarcação do Recife. Quem acompanha o desembarque é seu criador, o padre Francisco João de Azevedo. A máquina é uma das revoluções do século XIX. Com ela, sermões e discursos poderão ser transcritos com agilidade até então desconhecida, como que num registro do próprio progresso brasileiro...| + no Submarino |

6 - Carcereiros, de Dráuzio Varella: As histórias das rebeliões vistas de dentro, por quem estava na derradeira linha de negociação com os presos. Do silêncio que antecede uma explosão de violência à crise em suas últimas consequências, acompanhamos de perto a atuação daqueles que, muitas vezes agindo em condições precárias, são os únicos capazes de lidar com as leis internas que regem uma prisão...| + no Submarino |

7 - Post Mortem, de Patricia Cornwell: Um brilho inusitado sugere a presença de alguma sustância desconhecida no corpo de uma série de mulheres assassinadas. Mulheres saudáveis transformam- se em corpos inertes, assassinadas por prazer. Escassas e obscuras, as pistas não levam a lugar nenhum. A investigação dos crimes está sendo sabotada. A Dra. Kay Scarpetta, médica-legista, precisa sir muito além da identificação de um produto químico para chegar ao assassino...+ na Saraiva |

8 - O Pacifista, de John Boyne: Inglaterra, setembro de 1919. Tristan Sadler, vinte e um anos, toma o trem de Londres a Norwich para entregar algumas cartas à irmã mais velha de William Bancroft, soldado com quem combateu na Grande Guerra. Mas as cartas não são o verdadeiro motivo da viagem de Tristan. Ele já não suporta o peso de um segredo que carrega no fundo de sua alma, e está desesperado para se livrar desse fardo, revelando tudo a Marian Bancroft. Resta saber se o antigo combatente terá coragem para tanto...| + no Submarino |

9 - 2666, de Roberto Bolaño: Recheado de reflexões sobre a natureza do mal, a relação entre cultura e violência e, de quebra, a situação do intelectual latino-americano, 2666 é um livro inteligente, surpreendente e de leitura fácil. Não por acaso, fez uma carreira tão assombrosa no contexto da crítica internacional e entrou para o rol dos grandes fenômenos literários da atualidade...+ no Submarino |

10 - 21.12, de Dustin Thomason: Em Los Angeles, nem todo mundo acreditava que o mundo de fato acabaria em 21 de dezembro de 2012: luzes vermelhas e verdes decoravam cada canto da cidade para as festas de fim de ano. Assim, no dia 11 de dezembro como fazia todos os dias, o dr. Gabriel Stanton acordou cedo, passeou pelo calçadão de Venice Beach e parou no Groundwork Café, antes de seguir para seu laboratório no Centro Príon de Controle de Doenças. Ao chegar lá, contudo, recebeu uma ligação. Urgente.  ...+ na Saraiva |

10 Livros da Cia da Letras para ter na sua estante 10 Livros da Cia da Letras para ter na sua estante Reviewed by Douglas Eralldo on sexta-feira, fevereiro 08, 2013 Rating: 5

5 comentários

  1. Eu só não tenho muitos livros da Cia das Letras porque acho tudo muito caro, mas todos os que já li, gostei, exceto os de Jô Soares - não aguento.
    Dessa lista, tenho 1984. E também tenho A Revolução dos Bichos, do mesmo autor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. As edições da Cia são sempre muito impecáveis!

    ResponderExcluir
  3. Estou mmuuuuuuuuuito interessada em Ler O Pacifista meu bolso não me permite comprar =/

    ResponderExcluir
  4. Tem o Germinal que também é muito bom...

    ResponderExcluir
  5. Eu incluiria o menino do pijama listrado entre os dez - Arnaldo - São Paulo

    ResponderExcluir