Header Ads

10 Considerações sobre Quando a Bela Domou a Fera, de Eloisa James ou sobre rosas valentes

O Blog Listas Literárias leu Quando A Bela Domou a Fera, de Eloisa James, publicado pela editora Arqueiro; neste post as 10 considerações da Gi sobre o livro, confira:

1 - Quando A Bela Domou a Fera é a releitura sensual do tradicional conto de fada num romance cheio de reviravoltas e com um final com a inversão de expectativas muito interessante capaz de nos encantar;

2 - O livro nos apresenta Linnet uma bela mulher que teve sua reputação destruída graças a um mal-entendido levando-a a ter de se casar com o Conde Piers, um homem de coração frio e "imune" aos encantos da mulher e que ainda sofria com problemas físicos, sendo ambos jogados no centro de uma sociedade dominada pelas aparências;

3 - Os dois, ao unirem-se, passam então a participar desta releitura (ainda que o romance ambiente-se num passado quase contemporâneo ao conto) do conto clássico, e criar certo jogo de contrastes. Ela, a moça inteligente e bela que é difamada e perseguida pela sociedade que a rodeia, e ele, também estigmatizado, entretanto por diferentes motivos;

4 - Quanto ao Conde, um médico talentoso o que lhe constituía de aura sombria era a fama de ser um homem cruel e a desconfiança de ser impotente. Além disso, de atitudes ríspidas e grosseiras que acabam surgindo justamente como defesa, visto que há em sua história uma série de sofrimentos.

5 - Deste modo, o romance, portanto, convida a refletir acerca das primeiras impressões e também dos preconceitos cometidos a partir de suposições e boatos, algo, ainda hoje rotineiro. Tanto Linnet e Piers sofrem com uma sociedade que está sempre a julgar, só que, por exemplo, o fazem sem se aprofundar na verdade, que no caso do Conde vai surgindo seu verdadeiro eu a partir de quando ele começa a se render à Linnet;

6 - Por isso, esta é uma história capaz de emocionar ao abordar uma série de questões que trazem dramas tão presentes no dia-a-dia. Além disso, traz uma mensagem de superação, esta capaz de romper e esmo lutar contra os costumes de uma época;

7 - Aliás, por ambientar-se num passado remoto, o romance acaba trazendo uma variedade de vocabulário e uma linguagem rebuscada que tomam certo tempo, pois é uma destas leituras que parece caber o mundo dentro dela com páginas capazes de contar muita informação capa de noz fazer viajar no tempo, três séculos atrás;

8 - Além disso, a mim, particularmente, o romance cativou mais que o próprio conto graças à suas alternativas e discussões, além, é claro, de todo o clima de amor presente através de seus dois protagonistas carregados de marcas, mas que superam seus problemas;

9 - Sem falar da inversão final das expectativas com acontecimentos que nos surpreendem e apresentam novos paradigmas aos protagonistas e às leitoras, de tal modo que uma nova série de reflexões parte deste ponto, e vão além do conto original;

10 - Enfim, Quando A Vela Domou a Fera mexe com nossos sentimentos nos atirando da raiva ao amor, tudo isso numa leitura que de prende e que te cativa de tal forma que somos conquistadas por todo o universo desta bela história de amor.




Nenhum comentário