10 Venenos mortais da literatura

O Listas Literárias preparou hoje uma seleção de substâncias que é melhor você agir com cuidado. Nesta lista uma seleção com 10 venenos mortais presentes na literatura:

1 - Lágrimas de Lys: Quase sem cor e doce como água este é um veneno muito poderoso e que custa um bocado caro em As Crônicas do Gelo e do Fogo e não é muito legal se deparar com ele como pode ver Jon Arryn;

2 - A Fumaça Preta: Não, não é a do Lost, mas sim o gás altamente venenoso utilizado pelos marcianos duranta a invasão à terra na Guerra dos Mundos, de H. G. Wells;

3 - Veneno de Ygramul: Veneno eficaz de A História Sem Fim capaz de matar a vítima em apenas uma hora;

4 - Amora Cadeado ( Nightlock): Uma amora extremamente venenosa capaz de matar quase que instantaneamente no livro Jogos Vorazes;

5 -  Inchar: Na literatura de Terry Pratchett é um veneno extraído do Baiacu capaz de fazer as células se expandir 2.000 vezes;

6 - Akpaloli: Um veneno derivado de uma erva amarela que cresce em oásis marcianos, é inodoro, insípido e incolor criado pelo autor Clark Ashton Smith's;

7 -Daturon: Substância presente em O Cinto Venenoso obra de Conan Doyle com o professor Challenger é um gás mais pesado que o ar que envenena a vítima em um estupor mortal; 

8 - Meta-Cianeto: Toxina mortal em Duna de Frank Herbert citado em outras artes como em um clipe de Lady Gaga;

9 - Gás Vexxon: Um gás de ação rápida e letal em Relâmpagos de Dean Koontz;

10 - Alfa: A ficção científica de Jack Vance está repleta de venenos, entre eles este cuja ingestão oral resolve o problema dentre um e dois segundos;

10 Venenos mortais da literatura 10 Venenos mortais da literatura Reviewed by Douglas Eralldo on quarta-feira, abril 16, 2014 Rating: 5

Nenhum comentário