10 Considerações sobre Trono de Vidro ou como assassinas podem se tornar encantadoras...

O Blog Listas Literárias leu Trono de Vidro, de Sarah J. Maas publicado pela Galera Record, e publica nesta lista suas 10 considerações sobre o livro:

1 – Trono de Vidro, de Sarah J. Maas é uma fantasia extremamente cativante com personagens que conquistam o leitor, e que mesmo destinada a um público “jovem-adulto” pendendo mais para o “adulto” consegue reunir os melhores elementos e a magia dos contos de fada;

2 – O que torna este romance um verdadeiro conto de fadas é o próprio destino da assassina Celaena Sardothien, além é claro dos príncipes e princesas que habitam a corte do Castelo de Vidro;

3 – Mas além de um simples conto de fadas, o livro apresenta ao leitor um universo rico em criaturas e acontecimentos fantásticos, conseguindo nos principais momentos o toque sombrio necessário para os momentos de ação e suspense que demandam lendas antigas, magias secretas, e passagens desconhecidas em castelos enormes;

4 – E todo esse universo fantástico é apresentado ao leitor em uma narrativa simples e objetiva que propicia uma leitura ágil e fluente;

5 – Além disso, o leitor acaba interagindo e se identificando com os personagens do livro como a própria assassina Celaena competindo por sua liberdade, o dedicado capitão da guarda Chaol, e a misteriosa princesa Nehemia;

6 – Aliás, o torneio que pretende eleger “o campeão do rei” além de conduzir a trama cria excelentes cenários e passagens com muita ação, e também lições aos competidores e leitores da obra;

7 – Talvez o grande mérito do livro seja conseguir reunir elementos que certamente conseguirão agradar quase todos os tipos de leitores. Há ação, suspense e criaturas tenebrosas para os que gostam de uma leitura agitada, mas há também muito jogo político, intrigas e ardis para os que gostam deste tipo de tramoia, além de obviamente para os leitores mais românticos carregar sempre o toque da possibilidade do amor e o que ele pode gerar com seus encantos;

8 – É interessante como o livro acaba centralizando seu poder em imagens e figuras femininas que acabam expressando a força das mulheres relacionando a obra a um contexto bastante contemporâneo;

9 – Embora o livro mantenha um ritmo constante, é importante dizer que sua segunda metade se torna excepcional quando justamente acontecem as coisas mais fantásticas e perigosas da trama;

10 – Enfim, O trono de Vidro é uma fantasia juvenil com capacidade de agradar praticamente todos os tipos de leitores, o que a torna uma leitura divertida, romântica, mas sem jamais perder a magia da ação e da aventura;



10 Considerações sobre Trono de Vidro ou como assassinas podem se tornar encantadoras... 10 Considerações sobre Trono de Vidro ou como assassinas podem se tornar encantadoras... Reviewed by Douglas Eralldo on quarta-feira, outubro 23, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário