10 Músicas saídas diretamente dos playlist’s para as páginas da literatura

A música e a literatura podem estar ligadas de diferentes formas. Da inspiração para um texto, até mesmo a composição de uma cena, os sons estão presentes no mundo da literatura. Nesta lista, 10 canções, expressas em livros:

1 – Ay te dejo en San Antonio, com Santiago Jimenez, em Tequila Vermelha, novo romance de Rick Riordan;

2 – Eat the Rich, do Aerosmith é uma, dentre as canções citadas na Série Sr. Ardiloso Cortês, de Derek Landy; [ver/ouvir]

3 – Arrabalero, com Joãozinho Navarro, foi o Tango que marcou a vida de Dona-Flor; [Ouvir]

4 – Delius era o compositor preferido de Melina em Lembranças da meia-noite de Sidney Sheldon;

5 –Dançar músicas de Donna Summer, mordiscar maçãs estão entre algumas das previsões para Kade, em A hora do Lobisomem, de Stephen King;
6 – A música dos Fleetwoods serviu para abafar o som de serras elétricas, martelos e pés-de-cabra, em Sangue na Lua, de James Ellroy; [Ver/ouvir]

7 – Come Go With Me, pelos Dell-Vikings foi trilha sonora enquanto Whitey riscava suásticas no mesmo Sangue na Lua, de Ellroy; [Ouvir]

8 – You are my sunshine despertou Rebecca em Túneis, cantarolando lá- lá-lás vagos até o final da música, enquanto acordava;


9 – Clair De Lune, de Debussy, uma das preferidas de Bela em Crepúsculo. A quem diga que a trilha sonora define o filme. E os livros? [Ouvir. Sério?... Quer mesmo?...]

10 – (Não sei o nome) [ela não sabe] do The mama and the papas, uma das preferidas de Bruna Surfistinha, em O Doce Veneno do Escorpião;




10 Músicas saídas diretamente dos playlist’s para as páginas da literatura 10 Músicas saídas diretamente dos playlist’s para as páginas da literatura Reviewed by Douglas Eralldo on segunda-feira, março 21, 2011 Rating: 5

Nenhum comentário