10 Considerações sobre Serviço Secreto ou por que merdas acontecem

O Blog Listas Literárias leu Serviço Secreto, de Lee Child; neste post as 10 considerações de Douglas Eralldo sobre o livro, confira:

1 - Serviço Secreto reúne os principais elementos necessários ao gênero thriller, ou seja, uma boa trama, o desenvolvimento em ritmo eletrizante com muita ação de inteligência numa verdadeira corrida contra o tempo para salvar o vice-presidente dos Estados Unidos;

2 - Na obra, mais uma vez o leitor acompanhará o errante personagem de Lee Child, Jack Reacher, que desta vez se verá dentro do Serviço Secreto americano no meio de uma série de sérias ameaças ao vice-presidente eleito, mas ainda não empossado, momento ideal portanto para que Reacher possa desfilar seus talentos mortais diante dos leitores;

3 - Contudo, como também é típico ao gênero, Reacher mergulha nessa história conduzido por seus fantasmas do passado que revivem no encontro gerado com uma antiga namorada do irmão, e responsável pela proteção do vice-presidente, inclusive será ela a responsável por colocar Reacher no jogo;

4 - Então com seu olhar frio e não menos cínico e sarcástico sobre o mundo, ciente de que "merdas acontecem" o ex-militar age como que ligado num botão automático reproduzindo de certa forma o ideal belicista americano e reforçando a política do olho por olho e dente por dente;

5 - Certamente esse é um modo de encarar o mundo, concordando-se ou não com esse olhar; reconhecer seus monstros e jogar com suas mesmas regras, é que mais ou menos faz Jack Reacher em sua carreira, um homem letal cuja grande qualidade é levar a morte àqueles que cruzam seu caminho;

6 - Além dos fantasmas de Jack, importa dizer também, que o passado tem grande poder sobre a trama, mas que entretanto não podemos aprofundar mais sem que pudéssemos evitar spoilers, o que para esse tipo de leitura seria indefensável. Contudo cumpre dizer que isso somado o quanto ódio e orgulho podem ser fatais, temos uma obra ambientada no universo político mas vivida no abismo interior de nossas monstruosidades;

7 - Com isso temos uma obra dinâmica, cheia de alternativas que por muitos momentos, inclusive, jogam com as percepções do leitor mascarando alguns caminhos, mas sem jamais nos enganar, visto que a grande maioria da narrativa estamos lado a lado de Reacher e temos suas mesmas informações para pôr na mesa de investigação;

8 - Portanto, o livro consegue cumprir com o papel a que se destina sendo capaz nos entreter de maneira viciante através duma leitura em que corremos pelas páginas tomados pela voracidade e pelo desejo de acompanhar o desfecho final;

9 - Além disso, não se pode deixar de mencionar o máximo grau de detalhes técnicos presentes na narrativa que a tornam muito realista de tal forma que nos convencemos a estar observando uma ação do serviço secreto americano, sem falar ainda da capacidade que a obra tem de aprofundar um pouco mais a complexidade psicológica de Reacher, momento no qual as referências literárias que surgem são muito interessantes, especialmente porque dialogam com essa natureza meio que bárbara das pessoas que busca refletir o livro em determinados momentos;

10 - Enfim, Serviço Secreto com certeza não decepciona os fãs de um bom, inteligente e movimentado thriller, pois nos prende à suas páginas do princípio ao fim sempre alimentados pela tensão provocada pelo combustível que é saber que "merdas acontecem".



10 Considerações sobre Serviço Secreto ou por que merdas acontecem 10 Considerações sobre Serviço Secreto ou por que merdas acontecem Reviewed by Douglas Eralldo on quarta-feira, setembro 14, 2016 Rating: 5

Um comentário

  1. Oi, primeira vez por aqui, espero que de muitas. Adorei o blog, e você escreve muito bem suas opiniões.
    O meu blog está fazendo 8 anos este mês com um mega sorteio que terá 8 ganhadores :D
    Vem participar: 8 Kits para 8 GANHADORES. VEM PARTICIPAR!

    ResponderExcluir