7 Jovens sucessos do mercado editorial brasileiro

1 - André Vianco: Houve uma época, não muito tempo atrás em que se alguém dissesse que queria ser escritor, seria internado como louco. E isso não foi muito tempo atrás. E foi esse cara, que imprimiu seus primeiros 1.000 exemplares, e foi para rua vender seu trabalho, em que investiu todas as receitas da demissão de seu emprego anterior. Hoje, ainda jovem ele é um exemplo, pela persistência e pelo sucesso, tornando-se um dos autores que já ultrapassaram a casa das centenas de milhares de livros vendidos;

2 - Eduardo Spohr: Um dos novos fenômenos da literatura nacional, levou 4 anos vendendo diretamente sua edição de A Batalha do Apocalipse pela internet conseguindo comercializar 4.000 exemplares. Isto chamou a atenção da Verus Editora, e que ao publicá-lo alcançou rapidamente as principais listas com livros mais vendidos, um grande feito para um autor novato, e brasileiro. Aliás, a internet e o público nerd colaboraram muito para isto, círculo em que Spohr conta com uma legião de fãs. 

3 - Raphael Draccon: Autor de 4 romances, e reconhecido pela série Dragões de Éter que já vendeu quase 100.000 exemplares, é um dos principais nomes da literatura fantástica brasileira. Seu talento também vai além da escrita, e é reconhecidamente o responsável pela chegada do bestseller George R. R. Martin ao Brasil. Hoje ele além de escrever coordena o selo Fantasy, da editora Casa da Palavra, braço da Leya no Brasil;

4 - Thalita Rebouças: O bom humor é uma das características desta autora ligada diretamente ao público jovem feminino. Embora ele tenha começado sua carreira em 1999, ganhou notoriedade a partir de 2003, quando seus livros passaram a ser publicados ela Rocco. Hoje, ela já vendeu mais de 1 milhão de livros, um feito incrível para uma menina que precisou vender livros como se fosse uma feirante na Bienal do Livro;

5 - Leandro Narloch: Trazer à tona questões incômodas de nossa história é a premissa dos Guias Politicamente Incorretos elaborado pelo autor, que garantem seu sucesso de vendas nas livrarias brasileira; 

6 - Paula Pimenta: O principal nome da Chik-lit nacional, a autora da Gutemberg faz sucesso com sua série de livros Fazendo Meu Filme, que recentemente atingiu a impressionante marca de 100.000 livros vendidos;

7 - Daniel Galera: É um dos nomes que alia sucesso de vendas, e respaldo da crítica, e desde 2006 é autor da Companhia das Letras, estreando com o romance Mãos de Cavalo. O autor foi um dos percursores a utilizar a internet para divulgação de sua literatura; 

Lembra-se de mais alguém, diga nos  comentários?




7 Jovens sucessos do mercado editorial brasileiro 7 Jovens sucessos do mercado editorial brasileiro Reviewed by Douglas Eralldo on quarta-feira, junho 27, 2012 Rating: 5

9 comentários

  1. Carolina Munhoz
    Carolina Munhóz (23 anos) é jornalista e autora de livros de fantasia Young Adult.É jornalista e romancista, além de integrante do Potterish, um dos maiores sites de Harry Potter do mundo. A autora foi eleita como melhor escritora jovem de 2011 pelo Prêmio Jovem Brasileiro.
    Já escreveu "A Fada" lançada pela editora Rocco e no mês de julho irá lançar seu segundo livro de fantasia Young Adult, intitulado “O Inverno das Fadas”, pelo selo editorial Fantasy – Casa da Palavra.


    Juliana Ferreira
    Juliana F tem 19 anos, é escritora de dois livros de drama publicados. É apaixonada por livros, chocolate quente, frio, gatos, xícaras, cartas, amor a moda antiga, músicas românticas. Mora no Rio de Janeiro (no sul do Rio) e está em dúvida entre três faculdades.
    Já lançou "Minhas lembranças" pela editora Lexia e "O amor dá uma segunda chance" pela editora Dracaena. Atualmente está escrevendo uma comédia romântica chamada "Eu, NY e você"


    Fabriane Ribeiro
    Lembro que, quando muito pequena (com 6 ou 7 anos), minha distração preferida era escrever histórias. Sempre colecionei adesivos. Minha mãe, então, escolhia um adesivo e o colava em um papel... Eu passava a tarde toda criando uma história a partir daquela figura.
    Ler, sempre foi uma das coisas que mais amei fazer. Sempre li de tudo e enumerar livros ou autores favoritos seria uma missão impossível.
    Então, após muito luta (como qualquer outra, que acompanha a busca de um sonho e de uma profissão), hoje sou médica veterinária e escritora, apaixonada pelos animais e pelas palavras.
    Já vivi em três estados diferentes (SP, MG e PR) e não sei qual meu próximo destino, estou em constante mudança, reinventando a mim mesma, as minhas paixões e a minha vida, a cada novo dia. Meu futuro será onde as águas, nascidas da fonte de minhas palavras e paixões, me levarem.
    Autora de "A gente ama,a gente sonha"; "Corações em fase terminal" e "Jogando xadrez com os anjos" da Universo dos Livros


    Michelem Fernandes
    Michelem Fernandes é pedagoga, nascida na capital do Rio de Janeiro. Durante a sua infância em uma colônia de pescadores, o que mais adorava fazer era voar nas asas da imaginação, sentada no alto das árvores, brincando de inventar histórias de mundos mágicos e distantes. Anos mais tarde, ao se tornar professora, descobriu que havia chegado o momento de compartilhar as suas histórias e escritas, como forma de incentivo à leitura. Desde então, não parou mais...
    Já publicou "O caminho para Esplendor" e "Voando mais alto que uma pipa"

    ResponderExcluir
  2. Esta lista está boa, porém há mais, muito mais...

    ResponderExcluir
  3. Olá pessoal. Muito boa todas as sugestões. Muitos com certeza são uma ótima realidade. E por certo há número maior de escritores. No entanto a lista ficou mais enxuta, pelo critério observado de que todos os autores presentes já venderam mais de 50.000 livros

    ResponderExcluir
  4. Gente, tenho 14 anos e, estou começando a escrever uma história juvenil e fantasia, tenho essa ideia desde que era pequeno. Sempre quis ser escritor.
    Na escola eu sempre fiz os melhores contos e, que organizava e coordenava os "teatrihos" da escola era eu (rsrsr)...
    Eu preferia filmes, mas já gostava de ler...
    Quando dizia que queria escrever as pessoas riam de mim (exeto minha família,que sempre me apoiou). Na matéria de matemática, eu ainda não sou muito bom (quero dizer nada bom), mas pra compensar,sou ótimo em português (rsrsrs).
    Espero respostas de dicas que me orientem a escrever meu primeiro livro.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  5. Escrevi meu primeiro livro! estava na maior empolgação enquanto escrevia e depois de entrar neste blog estou me sentindo um looser! Pior que já registrei na biblioteca nacional; acho que vou baixar no amazon e deixar por lá mesmo!!!

    ResponderExcluir